Estou tão feliz, mas tão feliz que quase não tenho palavras.

Como tinha mencionado anteriormente comecei um género de terapia musical com o objectivo de reduzir a ansiedade das minhas crianças de quatro patas e dessa forma acabar com o barulho. Estamos no segundo dia dessa terapia e a verdade é que o barulho reduziu quase até à inexistência. No primeiro dia não houve qualquer barulho e hoje apesar de terem brincado o ladrar do Himalaias foi muito menor em termos de duração (cerca de cinco minutos) e menos intenso relativamente ao volume.

Apesar de todos estes progressos tenho algum receio de que regridam uma vez que se habituem à música, mas… Um dia de cada vez e uma vitória de cada vez. Se surgirem outros contratempos, logo surgirá uma solução. O meu Eterno Pai ensinou-me a crer mesmo sem resultados visíveis e tendo eu os resultados só tenho que continuar a ter fé de que tudo se irá compor.

Continuo feliz, tão feliz e grata por ter esta minha pequena, grande família, são uma verdadeira bênção na minha vida,  ensinam-me as maiores lições com o maior dos amores. Sou tão feliz, tão feliz…

Anúncios